segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Guernsey Gulls [1]


Larus fuscus

As Ilhas do Canal, Guernsey, Alderney, Sark, Herm e Jethou incluindo rochedos e ilhéus associados formam o Bailiado de Guernsey.
Ilha de Burhou

Paul Veron é desde 2008 o grande impulsionador para a investigação com gaivotas no território de Guernsey no sentido de reunir dados para avaliar aspectos da ecologia da reprodução e da migração das aves nidificantes no arquipélago.

Paul Veron anilhando crias de gaivotas em Sark 

Os trabalhos em Guernsey desenvolvem-se focados principalmente em três espécies:
- Gaivotão-real (Larus marinus)
- Gaivota-argêntea (Larus argentatus)
- Gaivota-de-asa-escura (Larus fuscus)

Desde o inicio do projecto, no verão de 2008, até ao ano de 2014, foram anilhadas no arquipélago 11.614 gaivotas, colocando este projecto num dos mais importantes da Europa ocidental.
No último triénio foram anilhadas no arquipélago 6672 aves, assim distribuídas:

Gaivotas anilhadas com anilhas coloridas (2012 a 2014)
Espécie
2012
2013
2014
Total
- Larus fuscus
872
762
744
2378
- Larus marinus
51
80
77
208
- Larus argentatus
1037
1759
1290
4086
Totais
1960
2601
2111
6672

Nas minhas observações de Janeiro a Outubro de 2015, localizadas na costa atlântica de Matosinhos, registei 83 indivíduos num total de 199 observações de aves anilhadas em Guernsey.
Curiosamente, apenas observei indivíduos da espécie Larus fuscus e dos 83 indivíduos registados, apenas 4 tinham anilhas anteriores a 2010.

Larus fuscus - Observações mensais em Matosinhos
Indivíduos registados - 83
Meses
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Total
Observadas
17
3
22
14
0
7
6
8
81
41
199
Nota: Em Maio não há registos apenas porque eu não fiz observação nesse mês.

A analise do quadro anterior permite concluir que, embora com maior predominância nos meses de Outono/Inverno, as aves de Guernsey permanecem em Matosinhos durante todo o ano.

Algumas, como o caso da juvenil “N[1CS9]”, permaneceu aqui durante todo o ano de 2015 (observada 15 vezes). Anilhada em Burhou, Alderney como pinto em 19.07.2014

Em Dezembro.2014

Em Outubro.2015

A veterana N[4AX5], com 10 observações, é uma “habitual” em Matosinhos e é também a ave mais idosa registada.
Anilhada como adulta em Ty Coed,Vale Marais,Guernsey, em 17.05.2006.

Em Janeiro.2015     

Em Outubro.2015   

Como referi anteriormente, de Guernsey, apenas tenho observado gaivotas da espécie Larus fuscus. Isso deve-se ao facto de as outras duas espécies serem invernantes pouco frequentes. Aliás, a Larus argentatus é mesmo reconhecida como raridade em Portugal. Todavia, embora em numero substancialmente mais reduzido, algumas aves destas espécies visitam Portugal, conforme podemos constatar nos vários relatórios de actividade de Guernsey .

Para destacar a importância deste Centro Emissor posso referir que nas minhas observações em Matosinhos, no ano de 2015, as aves provenientes de Guernsey representam 25% do total das aves registadas.

Já é tão vulgar encontrar em Matosinhos aves anilhadas em Guernsey que quando vou com o meu amigo Inocêncio Oliveira observar gaivotas e um de nós vê uma anilha preta, logo dizemos:
- É mais uma do Veron!...