quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Ceuta Gulls

Larus michahellis

Yellow legged gull | Gaviota patiamarilla | Gaivota-de-patas-amarelas

- Anilha - W[N:2PH]
- Anilhadores - Joaquín Rodríguez & Miguel Cajal
- Idade quando anilhada: Pinto (anilhado no ninho)
- Data da anilhagem – 28/05/2015
- Distância entre Ceuta e Matosinhos - 657 kms (em linha recta)

+info:  

Leixões - 2015.09.18
A cidade de Ceuta está situada na margem sul do Estreito de Gibraltar -onde as águas do Atlântico e do Mediterrânico se fundem- e é um importante local de observação no corredor migratório das aves europeias que invernam em África.
Em 2013 sob um projecto liderado pelo Grupo de Anillamiento Chagra, uma equipe de entusiastas locais iniciaram o trabalho pioneiro em África de anilhagem de gaivotas de espécie Larus michahellis.
Este projecto tem a duração inicial prevista de 5 anos e pretende estudar o movimento das populações residentes; a dispersão pós criação dos juvenis; os locais e hábitos alimentares da população reprodutora, analisar as mudanças de comportamento e o impacto das medidas de controle tomadas pelo Administração local sobre as populações residentes.

Este Grupo em 2013 anilhou 84 indivíduos e 128 em 2014. A dispersão conhecida destas aves foram maioritariamente registadas no sul da Península Ibérica e norte de África.
N:2PJ, N:2PH y N:2PL - 28/05/2015
Em Agosto passado observei a juvenil W[N:2PH] destas gaivotas. Matosinhos passou a constar como o ponto mais a Norte conhecido na dispersão das gaivotas anilhadas em Ceuta.
Ceuta a Matosinhos - 657 kms 
Curiosamente, a ave W[N:2PJ] da mesma ninhada foi observada no passado dia 31 de Janeiro, na Playa de Ares, A Coruña (Galiza) por António Gutierrez a 874 kms, em linha recta, do seu local de anilhamento.

Aguardemos por novas histórias destas “africanas”!

Leixões - 2015.08.28

Agradecimentos:
- A Andres Martinez Montes pela foto;
- A história de vida desta ave foi disponibilizada por: Grupo de Anillamiento Chagra.
< # >



quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Holanda Gulls (1)

Larus fuscus

Lesser black-backed gull | Gaviota sombria | Gaivota-d'asa-escura

- Anilha colorida - L[T2]
- Anilhador - Roland-Jan Buijs
- Idade quando anilhada -  >4 cy
- Data e local da anilhagem - 06.05.2004 - Moerdijk, Noord-Brabant, Holanda


 09.10.2015

Esta ave foi anilhada por um grande impulsionador da anilhagem de gaivotas na Holanda, Roland-Jan Buijs. 
Ele coordena e dinamiza o principal projeto de anilhagem de gaivotas do seu país.
Em 2015 registei 88 observações deste projeto Holandês.

Quadro de observações anuais
ANO
JAN
FEV
MAR
ABR
MAI
JUN
JUL
AGO
SET
OUT
NOV
DEZ
*
2004









2
1
1
4
2005

1

4
5


1




11
2006



1
3
1


1
1
2

9
2007



2






1

3
2008


3
2








5
2009


2
9


2

1
1


15
2010


2






2


4
2011





1
1


1
1

4
2012






1
1




2
2013






1



3

4
2014





1



1

1
3
2015

2





1

5
3

11
2016
1











1

Observações na Holanda
Observada na Holanda e Portugal
Observada em Portugal
* Numero de observações anuais registadas

Observadores:
Em Portugal: Peter Rock; Steve Piotrowski; Harry Vercruijsse; Malcom Millais; Camille Duponcheel; Tim van Nus; Paul Veron; Inocêncio Oliveira; Armando Mota; José Marques; Michael Southcott; Bernd Hälterlein
Na Holanda: Roland-Jan Buijs; Theo Muusse; Job ten Hom; Stef Waasdorp; Hans Keijser; Marten van Kleinwee

- Distância entre Moerdijk e Matosinhos - 1.549 kms (em linha recta)

Curiosidades migratórias:
- O Histórico da vida desta ave leva a presumir que Matosinhos é o seu local escolhido para passar o Inverno.
- As observações simultâneas em Portugal(dia 6) e Holanda(dia 25) de Fevereiro de 2015 confirmam que precisa, no máximo, de 18 dias para percorrer a distância entre o local de nidificação e o de invernada.
- Os registos de observação existentes indicam que esta ave é muito conservadora porque, sistematicamente, passa a Primavera/Verão em Moerdijk (NL) e o Inverno em Matosinhos  (PT).
- Do total (76) de registos de observação, em Portugal (31) são todos em Matosinhos. Na Holanda, com excepção de apenas 1 no Sul, em Dordrecht, todos os outros 46 registos são na Província de Noord-Brabant (Moerdijk-30; Tilburg-10; Breda-Noord-6).

24.01.2016

Agradecimento:

A história de vida desta ave foi disponibilizada por: BuijsEco Consult B.V.





»«

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Larus glaucoides in Matosinhos

Gaivota-polar | Iceland Gull | Gaviota groenlandesa





Sem duvida que esta ave está e ficará, muito ligada a Matosinhos.
Desde Fevereiro do ano passado que tenho sido agraciado com a sua presença quando vou observar aves marinhas.
De tal modo estou ligado a esta ave que algumas pessoas na Docapesca já identificam a cumplicidade que nos une.
Tem até um velho pescador frequentador assíduo dos cais que quando me encontra me diz sempre se nesse dia viu ou não a "branquinha", como ele lhe chama.
Naturalmente que esta cumplicidade se deve, não só porque esta espécie é uma raridade em Portugal, mas também pela empatia existente entre nós.
De tal modo estou "ligado" a esta ave que resolvi chamá-la de... Maria!

Em Outubro passado, publiquei já um texto sobre as observações desta ave. 

12.06.2015